Agendamento de sessões e informações:( 43 ) 91313164 .
                             Roberta Nigro Psicóloga. Especialista em Acupuntura. CRP 08/06388

 

                                                                                                                                      

 

Acupuntura e Psicossomática

"A acupuntura chinesa pode tratar 461 doenças, a maioria delas relacionada ao sistema nervoso, segundo uma pesquisa realizada por especialistas do país oriental e publicada pelo jornal oficial "China Daily"". (fonte Folha Online 08/Jun/2010)

A Acupuntura é um dos recursos terapêuticos da Medicina Tradicional Chinesa e surgiu na China há mais de 5000 anos baseando-se no estudo da Natureza e da existência de uma energia vital chamada Chi ou Ki. Essa energia circula pelo nosso corpo através de canais que recebem o nome de Meridianos, se essa energia fluir naturalmente por esses canais, mantém o bom estado de saúde, caso alguma condição interna ou externa bloqueie o fluxo natural dessa força vital, surge o desequilíbrio que irá resultar em doenças.

Embora não se possa negar o papel das condições externas ambientais e sociais, o estado permanente de tensão e apreensão é algo que vem do interior da pessoa e deve-se fundamentalmente ao desassossego, à insegurança íntima e à baixa avaliação que o indivíduo faz de si mesmo. Em suma, ele não se ama e, por extensão, não ama os outros; E por isso adoece.

As emoções são responsáveis por 90% das doenças, ou seja, o nervosismo, ansiedade, medo, preocupação, tristeza, raiva, mágoa, ressentimento, depressão, quando constantes na nossa vida, são capazes de baixar a energia de defesa que protege nosso organismo das moléstias e apenas 10% são provenientes de outros fatores, como: meio ambiente, uma alimentação sem regras, vícios, contaminações por vírus e bactérias, hereditariedade e outros, em média, o problema demora seis anos para aparecer, a contar do momento em que um desses estados emocionais se fixou.

Acupuntura equilíbrio como um todo.

O corpo humano possui uma inteligência fisiológica cuja função básica é manter a homeostase do organismo diante de todos os estímulos do mundo exterior e interior. O equilíbrio é conseguido através da livre circulação de energia no organismo, assim como através das trocas contínuas entre o corpo e o meio ambiente. Esse fluxo contínuo de energia nos mantém vivos. Quando a circulação de energia não ocorre de uma maneira adequada surgem às doenças.

Nosso corpo vai sinalizando, com muita antecedência, o desequilíbrio através de pequenas alterações funcionais sem substrato físico; isto é, não há nada a nível orgânico que justifique aqueles sinais ou sintomas. Com a não valorização desses sinais e a manutenção do mesmo padrão de vida, as alterações físico-químicas vão se cronificando, se solidificando até atingirem o seguimento físico; A doença passa a se expressar em algum tecido, órgão ou víscera, acompanhada de padrões mentais e emocionais bem determinados.

Esses bloqueios no fluir das energias, podem ser corrigidos através de vários métodos terapêuticos, sendo um deles a Acupuntura, que está se tornando cada vez mais conhecida e utilizada no Brasil, sendo uma terapia preventiva e curativa, eficiente nos seguintes casos: equilíbrio energético geral, relaxamento, dor na coluna, TPM, bursite, tendinite, torcicolo, sinusite, rinite, bronquite, gastrite, dor nas articulações e joelho, estresse, ansiedade, nervosismo, depressão, dentre outros, e o tratamento não possui efeitos colaterais.

Após um diagnóstico bem elaborado, em que o paciente responderá a várias perguntas, serão aplicadas finíssimas agulhas em pontos de Acupuntura específicos para cada caso. As agulhas são de origem coreana, chinesa ou japonesa, descartáveis ou em kit individual para maior segurança. Além da inserção das agulhas são utilizados outros métodos, como: Moxaterapia, Acupuntura Auricular e Ventosaterapia.
A Acupuntura trata o paciente como um todo e não por partes isoladas. Busca a causa do problema, equilibra todo o sistema físico e emocional para que o resultado seja eficiente, mesmo nos casos em que o organismo está muito debilitado, há uma grande melhora na qualidade de vida do paciente; Devemos, assim, harmonizar nossas emoções, cuidar do corpo e da mente para um viver melhor.
As sessões duram em média uma hora e o número destas depende de cada caso

O mecanismo de ação da acupuntura

Baseia-se no fato de que a introdução da agulha em pontos especí¬ficos dos meridianos energéticos gera um estímulo nas terminações nervosas dos músculos, que vai para o sis¬tema nervoso central, onde é reconhecido e traduzido em três níveis: nível hipotalâmico, onde há ativação do eixo hipotálamo-hipófise que vai gerar a liberação de β-endorfinas (analgésicos), cortisol (antiinflamatório) e serotonina (antidepressivo) na corrente sanguínea e líquido céfalo raquidiano; nível de mesencéfalo, onde haverá a ativação de neurônios da substância cinzenta, que vão liberar endorfinas e estas vão estimular a pro¬dução de serotonina e norepinefrina, nível de medula espinal, onde haverá a ativação de interneurônios na substância gelatinosa e a liberação de dinorfinas.A entrada da agulha na pele provoca uma mi¬croinflamação que aciona a produção natural dessas substâncias

Rua Souza naves 1174 - Londrina - PR

Tel: (43) 9131-3164